MÃES DE MAIO E O VÔO DA FÊNIX

Débora Silva | Mães de MaioDa mitologia grega surgiu a Fênix. Pássaro que ao morrer era devorado pela própria chama de fogo que o fazia desaparecer. A escuridão, enfim, tomava conta. Mas logo ao amanhecer, uma nova Fênix ressurgia e, das cinzas do seu progenitor, mais bela e mais forte seguia ao caminho do sol. Teu retorno representa os ciclos naturais de morte e renascimento. Emergindo assim, um pássaro capaz de suportar cada vez mais o peso da sua própria existência.

Mães de Maio

As Mães de Maio podem soar próximo à mitologia do grande pássaro em chamas, porém, o que os difere é uma linha tênue entre a vida, a morte e a realidade. Filhos assassinados não por auto-combustão, mas por arma de fogo disparada por aquele que acredita ser a justiça, cega.

Débora Silva, sua dor é a dor da minha mãe e, portanto, a minha dor. Também a de outras milhares de mães espalhadas pelos quatro cantos desse país.

IMG_20150821_215506700-2
Débora Silva somando aos Piratas Urbanos.

Crimes de Maio não são pássaros e não passarão!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s